»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
»
 
Notícia
Piso intertravado: alternativa sustentável
Utilizado principalmente em calçadas, estacionamentos e áreas de lazer, o sistema, ecoeficiente, facilita obras de infraestrutura e poupa energia elétrica

Tamanho da fonte:
 

Sobre o chão, a capacidade de poupar energia elétrica: essa é uma característica do pavimento intertravado, capaz de aumentar a reflexão em até 30% se comparado ao pavimento flexível. Em termos práticos, isso permite gerar economia de iluminação pública, segundo informações do engenheiro Ricardo Moschetti, gerente regional da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP). O benefício está relacionado à coloração clara desses blocos de assentamento.


O fato de serem fabricados em peças pré-moldadas também se traduz em economia de recursos. O pavimento pode ser instalado e removido a qualquer tempo, praticidade quando se pensa no grande número de subsistemas existentes sob o calçamento. O pavimento intertravado permite que obras de manutenção e infraestrutura sejam realizadas sem a necessidade de quebra do piso, além de não gerar resíduos sólidos e não exigir insumos para sua recomposição.  "O piso intertravado é o único que pode ser retirado e reutilizado, permitindo a liberação imediata do tráfego depois de instalado", esclarece Moschetti. Como o nome sugere, as peças pré-moldadas, aplicadas sobre uma camada de areia para assentamento e uma camada de base, travam-se umas às outras, como em um quebra-cabeças, sem requerer tempo de cura.

O pavimento, um dos fatores para a qualidade urbana, é a via de acesso indispensável para garantir o direito de ir e vir. Sob ele, está parte dos subsistemas que compõem facilidades como a de abrir a torneira e obter água potável ou a de virar o acendedor, riscar um fósforo, e consumir energia para aquecer alimentos. Daí a necessidade de poupar recursos frente a obras de expansão ou manutenção dessa rede sem quebras e resíduos.

Do ponto de vista arquitetônico e paisagístico, as formas, cores e texturas desses blocos de assentamento também são grandes aliados para compor paisagens urbanas mais bonitas e versáteis, haja vista a sinalização poder ser incorporada ao pavimento.

Intertravado permeável: para reduzir os efeitos nocivos da urbanização


Os pavimentos intertravados de concreto também podem ser permeáveis. A propriedade é útil para a redução dos impactos naturais resultantes de mudanças climáticas e da urbanização não planejada. Por sua capacidade de drenagem, o sistema permite a infiltração da água, colaborando com a diminuição das superfícies impermeabilizadas nas cidades e reduzindo o escoamento superficial. "Um correto espaçamento entre as peças e uma camada de base granular que funcione como filtro para a água da chuva garantem eficiência na drenagem", explica Moschetti. O sistema propicia uma desaceleração da chegada da água do terreno ao sistema de drenagem urbano, fator que já é levado em conta em projetos de grande porte, como indústrias, shopping centers e supermercados.


Serviço

A ABCP disponibiza cartilhas com orientações para os profissionais da engenharia sobre o piso intertravado de concreto simples e intertravado permeável. Os manuais são uma referência para a classe lidar com esses pavimentos, soluções bastante difundidas nos Estados Unidos e em países europeus, que fazem uso dos sistemas há mais de três décadas para a melhoria da qualidade de vida urbana. O crescimento das cidades, que muitas vezes se dá em áreas impróprias à ocupação, impõe obstáculos à manutenção de subsistemas urbanos e, pode aumentar as situações de risco no caso de mudanças climáticas. Por isso, a importância do estudo como primeiro passo para difundir os sistemas e orientar profissionais quanto ao seu uso. A cartilha “Melhores Práticas – Pavimento Intertravado Permeável”  está disponível para download pelo site www.solucoesparacidades.org.br . Na mesma página é possível baixar a cartilha sobre o pavimento intertravado simples.

Sobre a ABCP - A Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) é uma entidade sem fins lucrativos, mantida pela indústria brasileira do cimento, que há 75 anos promove estudos sobre o cimento e suas aplicações. Reconhecida nacional e internacionalmente como centro de referência em pesquisas da construção, a ABCP também atua no desenvolvimento de tecnologias sobre o concreto e mantém uma equipe de profissionais graduados à disposição do mercado, para treinamentos, consultoria e suporte a grandes obras da engenharia brasileira. Tudo isso para garantir a qualidade e as boas práticas do produto que representa. Para saber mais sobre a ABCP, visite o site www.abcp.org.br.

 

Fonte: Lide Soluções Integradas em Comunicação

Data: 30/05/2011



 
 
Cadastre-se para receber o boletim Prismanet
 
Nº 52 JUNHO 2014



 
© 2002 - 2010 - Prisma - Todos os direitos reservados | Informações: Tel 3337 5633 | E-mail: prisma@portalprisma.com.br